Carta da Saúde

Notícias do SUS Campinas

Editorial – Edição Dezesseis

Não caia de amores pelo poder“.
Michel Foucault

Esta epígrafe foi retirada de um texto que Michel Foucault escreveu intitulado “ Introdução à Vida Não Fascista” onde realiza uma breve, porém densa e instigante análise do livro o Anti- Édipo escrito por Deleuze e Guattari. Fica aqui este presente como parte da preparação “ espiritual” para os três dias de Conferência.

“Prestando uma modesta homenagem a São Francisco de Sales, se poderia dizer que o Anti-Édipo é uma Introdução à vida não-fascista. Essa arte de viver contrária a todas as formas de fascismo, quer sejam elas já instaladas ou próximas de ser, é acompanhada de um certo número de princípios essenciais, que eu resumiria da seguinte maneira se eu devesse fazer desse grande livro um manual ou um guia da vida cotidiana:

– Libere a ação política de toda forma de paranóia unitária e totalizante;

– Faça crescer a ação, o pensamento e os desejos por proliferação, justaposição e disjunção, mais do que por subdivisão e hierarquização piramidal;

– Libere-se das velhas categorias do Negativo (a lei, o limite, a castração, a falta, a lacuna), que o pensamento ocidental, por um longo tempo, sacralizou como forma do poder e modo de acesso à realida-de. Prefira o que é positivo e múltiplo; a diferença à uniformidade; o fluxo às unidades; os agenciamentos móveis aos sistemas. Considere que o que é produtivo, não é sedentário, mas nômade;

– Não imagine que seja preciso ser triste para ser militante, mesmo que a coisa que se combata seja abominável. É a ligação do desejo com a realidade (e não sua fuga, nas formas da representação) que possui uma força revolucionária;

– Não utilize o pensamento para dar a uma prática política um valor de verdade; nem a ação política, para desacreditar um pensamento, como se ele fosse apenas pura especulação. Utilize a prática política como um intensificador do pensamento, e a análise como um multiplicador das formas e dos domínios de intervenção da ação política;

– Não exija da ação política que ela restabeleça os ‘direitos’ do indivíduo, tal como a filosofia os definiu. O indivíduo é o produto do poder. O que é preciso é ‘desindividualizar’ pela multiplicação, o deslocamento e os diversos agenciamentos. O grupo não deve ser o laço orgânico que une os indivíduos hierarquizados, mas um constante gerador de ‘desindividualização’;

– Não caia de amores pelo poder.

Finalmente a IX Conferência Municipal de Saúde! Os trabalhos da Comissão Organizadora, da qual o Núcleo de Comunicação faz parte, começaram em 2010. Foram realizadas 5 plenárias preparatórias, cujos temas (financiamento, gestão, trabalho em saúde, organização de serviços e controle social), foram debatidos em todas as instâncias e por todos os segmentos do SUS Campinas de maneira democrática,propiciada por uma dinâmica de trabalho inclusiva. Antes das plenárias, os debates  aconteceram nos Conselhos Locais, Distritais, nos Serviços e no nível central da Secretaria de Saúde. Para todos os encontros, diga-se de passagem – cuidados com todo o carinho desde a escolha do local, alimentação e recepção dos participantes – foram escritos e disponibilizados textos disparadores dos debates. Neste processo a Comissão Organizadora, que reuniu-se quinzenalmente, pôde avaliar quais seriam as grandes questões a serem sugeridas para as rodas de debates e a metodologia a ser utilizada para facilitar a maior participação de todos na Conferência.  Os textos e a metodologia de trabalho desenvolvidas para as plenárias, bem como as linhas do trabalho de comunicação realizado, poderão ser conferidos em um caderno que foi elaborado e será entregue para os participantes da IX Conferência. Realizamos também um registro em vídeo que será lançado na sexta – feira durante a abertura dos trabalhos.

Em relação ao Conselho Municipal de Saúde, há muito não víamos eleições tão disputadas entre os segmentos dos trabalhadores e usuários. É provável que está seja a Conferência com o maior número de trabalhadores delegados inscritos em nosso município.

 Não podemos deixar de reconhecer e apontar o trabalho sério e combativo que vem sendo realizado em Campinas, por uma nova geração aguerrida de militantes do SUS e dos Movimentos Sociais.  Trabalho incansável para garantir a manutenção e as conquistas das grandes bandeiras de luta do  “SUS feito por todos e para todos”, O SUS público como dever do Estado, O SUS como direito constitucional.

A “Carta” deseja a todos um excelente trabalho na IX Conferência Municipal de Saúde: “ SUS FEITO POR TODOS E PARA TODOS – POLÍTICA PÚBLICA E DIREITO CONSTITUCIONAL”

“Edição Dezesseis”

Conselho Municipal de Saúde: Marlene, trabalhadora do SUS Campinas no Samu, conta porque se candidatou e de seu deseja de humanizar o atendimento

Conferência: “Hoje o trabalhador percebe que não é uma máquina, onde se aperta um botão e ele executa o trabalho sem sequer pensar nele”

Jurema Werneck, conselheira nacional de Saúde, antes da Conferência Municipal: “A tuberculose é a outra face da ausência de direitos à saúde”

Mudança nos padrões epidemiológicos: Taxa de mortalidade por doenças cardiovasculares, neoplasias e causas externas supera a mortalidade por doenças infecto contagiosas

Programa de Aids e Rede tecem Colcha de Retalhos

Distrito de Saúde Norte na Construção de Redes Solidárias

Documento

Artigo

Agenda do SUS Campinas

Quem somos:

Núcleo de Comunicação do SUS Campinas

Adriane Pianowski

Bete Zuza

Cecília Veiga

Eli Fernandes

Fernanda Borges

Marcos Botelho

“Carta da Saúde”

Endereço: https://cartadasaude.wordpress.com

Para ver o conteúdo de edições anteriores da “Carta da Saúde” <CLIQUE AQUI>

Dê a sua opinião: comunica.smscampinas@gmail.com

Single Post Navigation

2 thoughts on “Editorial – Edição Dezesseis

  1. sibele Martins on said:

    Parabéns pessoal!!!

  2. Saudações aos amigos campineiros..

    Amei o texto acima! um belo resgate e acima de tudo um grande e importante lembrete !

    Obrigado!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: