Carta da Saúde

Notícias do SUS Campinas

CS Centro e a Saúde da Mulher

CS Centro: agenda aberta para coleta nos dias 10 e 11 de março em comemoração ao Dia Internacional da Mulher

A Equipe do CS Centro recebeu a reportagem da Carta da Saúde para uma entrevista com a coordenadora da unidade, Renata Cecília Motta Brandão Capelo, dentista. A conversa, que inicialmente focaria as comemorações relacionadas ao Dia Internacional da Mulher extrapolou para outros assuntos relacionados ao cotidiano da unidade. “Até porque, não dá para isolar a mulher da sociedade”, disse. Minutos antes de sua reunião com a enfermagem do CS Centro, ela explicou como a equipe se organizou para não deixar o mês de março passar em branco e de como vem se organizando para o dia a dia diante de uma população de pelo menos 65 mil pessoas.

“Desde que o SUS foi criado,

muita coisa mudou e não é só a Mulher que frequenta um Centro de Saúde. Todo mundo vem ao Centro de Saúde”, disse Renata, que trabalha na Saúde Pública há 25 anos, antes mesmo da criação do Sistema Único de Saúde (SUS) em 1988, com a finalização da Assembléia Constituinte e a promulgação da Constituição Federal, após décadas de regime militar. Confira a íntegra da entrevista, concedida

Carta da Saúde – Renata, o CS Centro está entre as unidades que realizam ações de visibilidade ao mês em que se comemora em todo o mundo o Dia da Mulher, 8 de Março. Como estão sendo realizadas essas ações?

Renata Cecília Motta Brandão Capello: Na programação da Saúde da Mulher planejamos principalmente aumentar a Coleta de CO, as orientações sobre DSTs e HIV, métodos contraceptivos e distribuição de folderes. Oferecemos a sorologia para HIV para o agendamento de rotina. Realizamos este mutirão na semana após o Carnaval. Fixamos as ações nos dias 10 e 11 de março. Deixamos a agenda aberta para a coleta de CO nesses dois dias e fizemos 31 coletas. Agora  estamos realizando um bazar para poder ter caixa,  para quando formos realizar eventos em períodos assim, poder oferecer um café da manhã, o que atrai um número maior de pessoas.

Carta – Qual é a população da área de abrangência do CS Centro?

Renata: Aproximadamente 65 mil pessoas. O IBGE confirmou em 2000, pelo menos 65 mil pessoas. Atualmente eu não sei dizer se esta população aumentou ou diminuiu. Foi realizado outro Censo, mas não temos os dados . Como a Região Central não tem muito para onde crescer, pode ser que este número não tenha mudado muito. Mas temos uma população flutuante que são os trabalhadores do Centro e da Região Central. Estamos fazendo um trabalho de cadastro para encaminhar esses trabalhadores do Centro às unidades de seus bairros de origem, ou não  damos conta da demanda. Também tem a população de moradores de rua que acolhemos aqui. Temos uma população muito grande e muito diversificada. Quanto à população fixa na Área Central, não falamos mais em “SUS-dependentes”, praticamente todos são “SUS-dependentes”. Por exemplo, para  vacinas todo mundo é “SUS-dependente”. Em um recente caso de sarampo, importado, o morador é um profissional de saúde que mora em um bairro próximo e não usa o Centro de Saúde , mas foi destacada uma equipe para fazer vacinação no prédio em que ele mora. Fomos lá num sábado. Além disso, muitos usuários chegam ao Centro de Saúde somente para a retirada de medicamentos padronizados e de alto custo e são pessoas que não usam o Centro de Saúde. Seu médico particular prescreveu e a gente recebe a pessoa aqui.  Na campanha de vacina de H1N1, vacina de gripe sazonal para os idosos, vem todo mundo aqui.

Carta – Qual é o tamanho da Equipe do Centro de Saúde Centro para dar conta de um Acolhimento digno e correto para 65 mil pessoas?

Renata: São quatro Equipes, sendo que uma está sem médico. Cada equipe deveria ser formada por um médico generalista, um pediatra, um ginecologista, uma enfermeira, quatro agentes de saúde (estamos com três agentes para cada equipe) e dois auxiliares de enfermagem. Segundo o Ministério da Saúde as equipes devem atender 4 mil  pessoas. Aqui cada equipe atende  aproximadamente 17 mil pessoas.

Carta – Qual público é maior, masculino ou feminino?

Renata: O público feminino sempre vem mais ao Centro de Saúde. Mas os homens também vêm bastante, mais pela hipertensão, outras doenças crônicas como diabete, alguns chegam à procura de exame de próstata. Já, as mulheres, é para tudo que elas nos procuram, até porque elas são tradicionalmente as responsáveis pelas crianças. As mães vêm trazer as crianças ou estão no pré-natal, além da procura pela ginecologia. Mas de forma geral as mulheres ainda procuram mais os Centros de Saúde porque a mulher parece que cuida mais e se cuida mais também.

Carta – Há quanto tempo você trabalha no SUS?

Renata: No SUS? Nem existia Sistema Único de Saúde ainda e eu já estava na Saúde Pública. Eu tenho 25 anos de Prefeitura.

Carta – E você percebeu mudança na Mulher que vem ao Centro de Saúde nesses 25 anos?

Renata: Considero que a principal mudança em 25 anos é que hoje  é uma diversidade tão grande de ações que a gente desenvolve como Centro de Saúde que não dá mais para chamar de Atenção Básica, mas de atenção complexa. Desde o acolhimento de uma cefaleia ao encaminhamento para cirurgias. Atendemos a demandas do Conselho Tutelar e da Justiça, trabalhando também com a intersetorialidade.

Além do acolhimento individual, temos vários grupos como os de Nutrição, Fisioterapia, Qi Kong, Yoga, Odonto-bebê, Tabagismo, Cuidadores  e outros.

 

 

 

 

Dê sua opinião: comunica.smscampinas@gmail.com

Single Post Navigation

One thought on “CS Centro e a Saúde da Mulher

  1. Pingback: Editorial « Carta da Saúde

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: