Carta da Saúde

Notícias do SUS Campinas

Editorial

O jogo da comunicação consiste em, através de mensagens, precisar, ajustar,transformar o contexto compartilhado pelos parceiros. Ao dizer que o sentido de uma mensagem é uma função do contexto, não se define nada, já que o contexto, longe de ser um dado estável, é algo que está em jogo, um objeto perpetuamente reconstruído e negociado…Os atores da comunicação produzem portanto continuamente o universo de sentido que os une ou que os separa”. Pierre Lévy

Cuidado

Significa importar-se com algo. Cuidar de alguém, cuidar de alguma coisa, cuidar de si mesmo.  Podemos enxergar o cuidado no dia a dia de todas as equipes do SUS Campinas, nas preocupações presentes em como organizar os serviços para melhor atender aos usuários, no desenvolvimento de estratégias individuais e coletivas para melhorar a qualidade dos encontros, da escuta. Na produção de tecnologias para apoiar o desenvolvimento de autonomia daqueles que cuidamos e de nós mesmos através das rodas, das capacitações, dos espaços de cuidados integrativos, que vêm crescendo em importância e participação dos trabalhadores. Seja nas discussões teóricas, seja no ato singelo de dar o ombro ao colega. Todas estas iniciativas potencializam a capacidade de realizar algo que é a razão de estarmos aqui: Contribuir para  “resolver os problemas de saúde dos usuários”. O cuidado requer desprendimento, disponibilidade para o encontro e acima de tudo a adoção de um parâmetro ético fundamental: promoção de autonomia. Investimento compartilhado na capacidade do sujeito individual e coletivo para compreender e tomar decisões sobre seus ‘modos de andar a vida’, cuidar da própria saúde e de seu destino.   A autonomia “é a prova dos nove” … “A alegria é a prova dos nove”

No campo da saúde, como salienta Merhy: “ … o objeto não é a cura, ou a promoção e proteção da saúde, mas a produção do cuidado, através do qual poderá ser atingida a cura e a saúde, que são de fato os objetivos que se quer atingir”.

Nesta edição a Carta apresenta os esforços que trabalhadores, gestores e usuários vêm realizando para cuidar …da vida!

É difícil defender,

Só com palavras, a vida,

Ainda mais quando ela é

Esta que se vê, severina;

Mas se responder não pude

à pergunta que fazia,

Ela, a vida, a respondeu

Com sua presença viva;

E não há melhor resposta

Que o espetáculo da vida:

Vê-la desfiar seu fio,

Que também se chama vida,

Ver a fábrica que ela mesma,

Teimosamente se fabrica,

Vê-la brotar como há pouco

Em nova vida explodida;

Mesmo quando é assim pequena

A explosão, como a ocorrida;

Mesmo quando é uma explosão

Como a de há pouco, franzina;

Mesmo quando é a explosão

de uma vida severina.

Morte e Vida Severina – João Cabral de Melo Neto

Boa leitura!

Dê a sua opinião: comunica.smscampinas@gmail.com

Single Post Navigation

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: