Carta da Saúde

Notícias do SUS Campinas

Saúde Integrativa cria grupo no Paço Municipal

Trabalhadores da Prefeitura desenvolvem práticas de Saúde IUntegrativa

Em frente ao Museu de Arte Contemporânea de Campinas (Macc), um grupo de trabalhadores do Paço Municipal e o médico Willian Hyppólito Ferreira, coordenador da Área da Saúde Integrativa da Secretaria Municipal de Saúde, chamam a atenção de quem passa pelo local. São oito horas da manhã e eles praticam atividades físicas nas dependências do Palácio dos Jequitibás, Paço Municipal de Campinas.

Agora é assim. Todas as quarta-feiras, das 8h às 9h, o grupo está aberto à participação dos trabalhadores do Paço Municipal, especialmente do nível central da Secretaria de Saúde. “É uma resposta, uma forma de tentar eliminar o estresse e outras complicações que podem ocorrer à saúde das pessoas que trabalham, sendo também uma forma de dar visibilidade às práticas de Saúde Integrativa que já estão disponíveis em diversos Centros de Saúde”, disse o médico.

Carta da Saúde: Como se denomina esta atividade específica que foi realizada no Paço Municipal?

Willian Hyppólito Ferreira: Esta atividade faz parte das práticas realizadas em nossa Área de Saúde Integrativa, uma área de assistência da Secretaria Municipal de Saúde, como é a Área de Saúde Mental, Assistência Farmacêutica, e outras que o SUS Campinas possui. Na Saúde Integrativa temos homeopatia, fitoterapia, acupuntura, Corpo em Movimento “Lian Gong”, Movimento Vital Expressivo, Caminhar para a Saúde, Meditação, exercícios de Chikung, Tai Chi Chuan, entre outros e osteopatia. A acupuntura é a mais conhecida entre todas, mas também temos a homeopatia, temos fitoterapia, a fitoterapia brasileira, que já é largamente utilizada na rede pública. No Programa do Corpo em Movimento, temos como destaque o Lian Cong, que não deixa de ser um Chikung, que significa “Chi” (a pronúncia é “tchi”) energia e “Kung” que significa forjar. É um trabalho voltado para a nossa energia interna para que possamos fortalecê-la. Se nos fortalecemos com esta prática, logo ela permitirá ficarmos mais resistentes ou imunes às doenças. O que nós começamos aqui, hoje, no Paço Municipal, denomina-se “Chikung” lavagem de medula.

Carta: Para que ele serve?

Willian: É um exercício específico para trabalhar, por meio de uma auto massagem, a estimulação dos pontos de acupuntura para que eles possam fazer as suas devidas ações, tais como,  melhora do sistema imunógico para combate às renites, sinusites, aumento da absorção alimentar, previnindo problemas neurológicos degenarativos. Lavagem de medula, na tradução para a medicina ocidental, seria trabalhar com os 12 pares de nervos cranianos, cérebro e medula espinhal.

Carta: Porque se chama lavagem de medula?

Willian: Os chineses não tinham essa divisão. Para eles, tudo era medula (doze pares cranianos, cérebro e medula espinhal). Então os pontos de acupuntura que são usados durante os exercícios que fizemos hoje são exatamente para estimular a imunidade da pessoa, melhorando a audição do indivíduo, sua visão e a rapidez de raciocínio, tudo através dos pontos de acupuntura. Esse é um dos exercícios que foram ensinados hoje. O outro exercício que foi ensinado, chama-se Chikung da Terceira Idade. Ele trabalha a parte cognitiva, equilíbrio, força osteomuscular, e principalmente o equilíbrio, além da prevenção cardiovascular e cardio-respiratória.

Carta: Mas porque desenvolver um projeto como esse no Palácio dos Jequitibás?

Willian: Iniciamos este projeto com o objetivo de realizar um trabalho de prevenção neste local, pois acreditamos que o Paço seja o centro de todas as ações,e por isso merece todas as atenções relativas a um trabalho de prevenção.

Carta: E se alguém, por algum motivo, não pode participar destas atividades aqui no Palácio dos Jequitibás?

Willian: Estes serviços estão disponíveis em uma boa parte dos Centros de Saúde. Nós trouxemos diretamente da Associação Médica Brasileira de Acupuntura (AMBA), associado à meditação, que é uma das técnicas mais importantes para o controle da parte emocional, que pode ser praticada por diabéticos, asmáticos, obesos, hipertensos, entre outros. Devemos destacar dentro dos programas do Corpo em Movimento: Movimento Vital Expressivo, Lian Gong, Caminhar para a Saúde.

Dê sua opinião: comunica.smscampinas@gmail.com

Single Post Navigation

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: